EUA x Noruega: qual o melhor país para ser au pair?

novembro 26, 2017

Oi, pessoas lindas! Muita gente leu o post sobre os pré-requisitos para ser au pair na Noruega e, a partir disso, várias perguntas surgiram. Como a maioria delas acabava se relacionando com o modo como o programa funciona nos EUA, achei que seria um boa ideia fazer um post comparativo, explicando quais as vantagens e desvantagens de ser au pair nos dois países. Assim, acredito que fica mais fácil para vocês decidirem qual sua prioridade e para onde ir. Se quiser conferir como o programa funciona nos dois países, só vem:


EUA Noruega
Obrigatório
Não é obrigatório

27 anos incompletos
30 anos incompletos
As agências pedem inglês intermediário, mas conheço muitas meninas que foram com inglês básico e se deram bem.                                  
Apesar de não ter nenhuma exigência das agências, a maioria das famílias pede um bom conhecimento da língua inglesa e isso vai fazer a maior diferença no match.
Encontrei a minha família no site Au Pair World, mas tinha conversados com algumas do GAP antes disso.
R$ 517
R$ 2260 (confira aqui os documentos necessários)
Incluído no valor da agência
A au pair paga a ida e a host family paga a volta, desde que a au pair esteja voltando para o seu país de origem
Cuidar apenas de coisas relacionadas às crianças ou pets Além de crianças e pets, a au pair também é responsável pela limpeza da casa e preparo das refeições
45 horas semanais e até 10h por dia 30 horas semanais e até 5h por dia
Curso de inglês no valor de até 500 dólares  Curso de norueguês deve ser pago pela família em caráter obrigatório, porém não há valor máximo extipulado pelo governo
195,75 dólares por semana
5600 coroas norueguesas por mês (o equivalente a 172,13 dólares por semana)
21º custo de vida mais alto do mundo (o que significa que dá pra fazer o salário render várias brusinhas) 5º custo de vida mais alto do mundo (o que significa que não dá pra curtir tantas baladinhas assim)
Básico: R$ 155 (Cultural Care)
Esporte: R$ 300 (Cultural Care)
Automaticamente incluído no sistema único de saúde norueguês sem taxa adicional
Possibilidades mais em conta: diferentes estados americanos (Havaí e Alaska), Caribe e México. Possibilidades mais em conta: cidades norueguesas, países escandinavos, países europeus.
15 dias para rematch com possibilidade de ficar na casa da LCC Possível, mas a au pair deve procurar sozinha uma nova família e comunicar a mudança ao consulado
Renovação da taxa do seguro de saúde (123 dólares) + taxa de extensão (367 dólares) + Driver's license do estado escolhido É preciso pagar novamente pelo visto, então o ideal seria solicitar o visto de 24 meses e apenas fazer a troca de família ao final dos 12 primeiros meses, caso seja necessário

Bem, gente, espero que essa tabela tenha ajudado com a maioria das dúvidas de vocês sobre o programa na Noruega! Além das coisas que eu citei, acredito que um grande problema de ser au pair na Escandinávia seja a falta de uma LCC designada pela agência para te ajudar em caso de aperto. Além disso, como fica tudo por conta da candidata a au pair, é preciso muito cuidado para não cair em golpes.


Eu decidi ir para lá porque, como vocês sabem, morei em Oslo por um ano e sempre tive o sonho de voltar. Por isso mesmo, conheço várias pessoas na capital norueguesa e teria como pedir socorro caso algo desse errado.

Espero que vocês decidam o que é melhor pra vocês e que melhor se encaixa na sua realidade! <3 Eu vou fazer um post sobre todos os custos que tive com o programa, mas ele ainda não saiu porque ainda não parei de gastar! hahaha Quando encerrar os gastos (visto, passagem, roupa de frio, presentes, etc), venho aqui relatar direitinho qual foi o investimento! :P


Se tiverem perguntas, não esqueçam de comentar aqui ou na postagem do Facebook que te trouxe pra cá, ta bom?

Har det bra!! 

Leia também

0 comentários