9 dicas infalíveis para melhorar seu perfil no Au Pair World

maio 14, 2018

Fala, dendezeiros e dendezeiras desse Brasil e da gringa! :P

Meu processo de au pair para a França anda meio empacado (graças a envio de documentos, etc), mas ontem conversei com uma amiga que está dando os primeiros passos para ser au pair na Alemanha e ela comentou que queria algumas dicas de como preencher seu perfil no site Au Pair World.

Para quem está começando, talvez o processo de preenchimento de cada parte do application seja um pouco cansativo, mas vou colocar aqui  dicas infalíveis para melhorar o seu perfil no APW.
1. Saiba quais são os seus pontos fortes e foque neles
Eu não tenho carteira de motorista, mas tenho muitas horas de experiência com criança, inglês fluente e também falo espanhol. Esse foi um fator decisivo para a minha futura host family optar pela minha contratação. Eles são espanhóis e queriam uma au pair que ensinasse inglês pro kiddo, mas que também conseguisse se comunicar com eles sem maiores problemas. Minha irmã é au pair nos EUA e ela tinha apenas as 200 horas obrigatórias de experiência com crianças, mas já dirigia há pelo menos 5 anos.

Tudo isso para dizer que é preciso vender seu peixe. Deixe claro no seu perfil quais são as qualidades que a família vai encontrar em você. É formada em algum curso maneiro? Coloca isso. Já tem experiência morando sozinha e garante que não vai ter homesick? Adiciona ao perfil. Cuida de crianças há muitos anos e sabe como lidar com elas em casos de emergência? Opa! Já está no nível intermediário no idioma do país de acolhimento? Joga na roda!

Curta a página do site no Facebook e fique por dentro de tudo sobre o intercâmbio de au pair em primeira mão!

Às vezes, a gente nem imagina qual pequeno detalhe vai fazer a diferença na hora da host family nos escolher, então é bom focar em tudo que possa ser benéfico para o seu perfil.

2. Marque idiomas dos quais você tem conhecimento básico
Mesmo que você só tenha feito algumas aulas do Duolingo, marque esse idioma na seção "Languages you have a basic knowledge of". Muitas vezes o critério de busca dos host parents é que a au pair tenha conhecimento básico do idioma do país de acolhimento.

Só tenha cuidado para não colocar que está no nível intermediário ou avançado mesmo sem saber falar quase nada porque isso vai ser bem fácil de descobrir durante a entrevista no Skype.

3. Permita que os critérios de busca para a família sejam bastante abrangentes
Selecione o máximo de países para os quais você iria. Escolha "big city", "small town" e "in the country". Aceite fazer housework (na Europa, isso vai ser quase sempre necessário), aceite trabalhar para single parent (mesmo que não queira pai, vai que é uma single mom, né?) e coloque a idade das crianças num espectro bem grande também. No meu APW, coloquei entre 0 e 15 anos.


4. Esteja presente
Como diz o ditado: out of sight, out of mind. Se você não for visto, vai ficar bem difícil conseguir famílias, então faça login no site todos os dias, pelo menos duas vezes por dia. Isso vai colocar o seu perfil no topo dos outros perfis disponíveis e vai dar à sua futura host family uma chance maior de te encontrar por lá.

5. Cuidado com as fotografias
Use fotos de crianças em poses divertidas e nas quais elas pareçam felizes e estejam completamente vestidas. Nas legendas, indique o ano em que a foto foi tirada e o que a criança representa. Ex: "My very first experience as a nanny in 2011". Eu adicionei também algumas fotos minhas em países diferentes, - já que mencionei que gosto muito de viajar - e uma foto com a família na formatura da minha irmã mais velha.

Esteja sempre ciente de que esse é um perfil de busca de emprego, algo como o seu LinkedIn de au pair. Então evite fotos sem camisa, com roupas muito curtas ou roupa de banho, mas também não precisa postar apenas fotos sérias e vestido com look social. Fotos com filtros do Snapchat também devem ser evitadas, por mais fofas que sejam.

Usar uma foto divertida e feliz com alguma criança como a imagem principal do seu seu perfil pode também atrair mais host parents do que uma selfie. 

6. O vídeo não é tão necessário quanto você pensa
Eu vejo muitas meninas desesperadas para colocar um vídeo no perfil, mas vou te contar que eu NUUUNCA coloquei vídeo em lugar nenhum e já tive dois matches. O da família norueguesa, para a qual nunca fui porque infelizmente tive o visto negado, e o da família espanhola na França. Eu acredito que, apesar das agências normalmente pedirem para que as candidatas a au pair coloquem vídeo em seus applications, hoje em dia é tão mais fácil marcar uma entrevista pelo Skype (que não pode ser tão ensaiada e treinada) que é o que a maioria das host families tem preferido.

Então não esquente a cabeça com o seu vídeo e nem com o estresse que vai ser fazer takes dirigindo, repetindo as frases em inglês, fazendo a criança sorrir pra câmera, etc. Nada disso vai ser mais importante que ter uma conversa bacana e consistente no Skype.



7. Seja proativo
Busque famílias todos os dias e envie uma mensagem para eles, mesmo que seja a mensagem automática do Au Pair World. Na parte de EasyFind, você vai encontrar as famílias que melhor se encaixam no seu perfil e daí em diante pode sentar o dedo enviando um milhão de applications. Se enviar 10 por dia, já serão mais de 300 famílias por mês recebendo suas mensagens. Eventualmente, alguém vai se identificar com seu perfil e pedir um Skype.

8. Seja pontual na entrevista do Skype e demonstre interesse genuíno pela família
Antes do Skype, releia o perfil da família várias vezes, separe perguntas importantes e lembre o nome de todas as pessoas que foram citadas. Se quiser saber mais sobre quais perguntas não podem faltar no Skype com a host family, clique aqui neste link.

9. As primeiras três linhas do "About me" são as mais relevantes
Essas três linhas são seu cartão de visitas porque elas são a primeira coisa que a host family vai ver quando procurar por um au pair na busca geral do site. O ideal é se apresentar no idioma do país escolhido ou em inglês, já que escrever o perfil completamente em português vai restringir suas possibilidades a famílias que compreendam o idioma.

Confira abaixo o meu texto no perfil do Au Pair World ou clique neste link para ter acesso ao perfil no site:




É isso, gente. Espero que o post tenha ajudado quaisquer dúvidas e que vocês se sintam seguros para criar o perfil e dar esse primeiro passo rumo ao sonho de ser au pair! Se tiverem mais alguma dica, não esqueçam de deixar a sugestão de vocês nos comentários para ajudar quem ainda está no início desse processo, tá bom?

Au revoir! <3

Leia também

7 comentários

  1. Eu fico sem saber o que fazer, estou começando o alemão a 10 dias e me sinto impostora de colocar que falo alemão básico, meu perfil e ótimo pq eu faço artes e já tive 5 Skypes mas o que me prejudica é o inglês que é basico :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Anna, tudo bem? Coloca alemão básico, sim!! Mas também adiciona ao seu perfil que você está começando a estudar e que vai precisar que a família seja paciente com você. Foca em suas experiências com criança ou no tempo de direção! <3

      Excluir
  2. Tbm já tenho o Inglês e queria treinar o francês que estou aprendendo. Não sei se está mto cedo, MAS NÃO TEM FAMÍLIA PRA FRANÇA/BÉLGICA! Da até um nervoso que tem no máximo 7 famílias e 2 tem interesse pra Janeiro (Que é quando eu quero ir). Tenho medo de ter pouca opção assim sempre ou aparecer mais quando estiver mto em cima da hora. X.x

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiz um post sobre o tempo que demora para começar a finalizar o processo de au pair para a França. Está aqui nesse link: goo.gl/UcPFRf
      Tenta colocar sua ida para mais cedo (algo em torno de novembro) e depois explica para a família que você só deve chegar lá em janeiro.
      A minha família tinha restrição de querer alguém para junho, mas eu só vou chegar em agosto e eles aceitaram porque gostaram muito de mim e perceberam que o processo é realmente mais demorado.
      Boa sorte!! <3
      PS: Com meu perfil (que tem data de início para agosto até novembro), consigo ver 31 famílias só na França. Tenta alterar suas datas e dar uma revisada nas restrições do seu perfil.

      Excluir
    2. Ah, não pensei que seria okay colocar minha data pra antes se não quero ir antes! Achei que seria fazer a família perder tempo vendo meu perfil. Mas vou tentar por antes, então! Quanto às restrições acho que a única coisa é "big city ou small city" apenas. Até com deficiência coloquei ok (Pq dependendo da qual eu sei lidar). Obrigada pelas dicas!!

      Excluir
    3. Sim, tenta colocar um pouco antes (no máximo dois meses) e depois conversa com a família sobre a demora do processo e qual sua real disponibilidade. In the country também pode ser uma boa. Vai que você consegue uma família perto da fronteira com a Suíça? Pode ser legal!
      Tudo de bom!!

      Excluir
    4. Fronteira com a Suíça?? Tem uma família que adorei, moram perto da fronteira, próximo a Genebra, só que NO MEIO DAS MONTANHAS! Achei meio isolado demais pra quem quer estudar e viajar... nem mandei mensagem mas continuam lá a meses.

      Excluir